Excesso de luz

Esse semana estamos com problema de luz. Excesso de luz, para ser mais específica.

Com o pico da primavera, o sol tem nascido cada dia mais cedo e se posto cada vez mais tarde.

Por cedo, entenda-se 4 e pouco da manhã. Por tarde, entenda-se 9 e pouco da noite.

São 17 horas de sol. E luz.

A janela do nosso quarto tem uma persiana ok, que até escurece o quarto quando Londres decide ser Londres e se manter cinzenta.

Mas quando chega a primavera… a persiana não dá muita conta. Já passamos por isso ano passado, já esperávamos. Mas essa semana… a persiana simplesmente desistiu.

Consequência disso é que não conseguimos dormir direito, principalmente eu, que sempre acordei com a luz do sol (eu sempre deixei a janela do meu quarto entreaberta durante a noite, para deixar o sol entrar de manhã, tenho esse costume desde a adolescência). Mas agora ele chega na hora que deveríamos estar engatados em um bom sono.

Mas já deveríamos ter aprendido. Ano passado foi a mesma coisa, eu paguei o preço por dormir pouco, vivia irritada. Uma colega de trabalho mandou eu comprar uma máscara para dormir (ou uma cortina blackout) e resolver o problema, mas não fizemos nada.

Mas dormir pouco também não está só relacionado com acordar mais cedo. Tem também o lado de ir para a cama mais tarde.

Pois como o sol de põe às 21 e tantas, até você perceber que já é “noite” leva um tempo. Então você estica sua tarde e, durante essa época do ano, você segue a vida como se não tivesse hora para dormir.

Às vezes você nem se dá conta que está jantando 22h50 ou voltando para a casa do bar às 23h00 em plena segunda-feira.

Tudo isso prejudica o sono (não o bar, o bar ajuda). Leva um tempo para você desacelerar, desligar e dormir. E quando você finalmente consegue… são só mais umas cinco horinhas até o sol nascer de novo!

Por isso hoje, quando a luz do escritório apagou às 19:25, eu agradeci por ter ficado uns minutos cercada pela penumbra e somente regada pela luz fraquinha da tela do computador.

Mas aí me lembrei que este é o sinal de que estava na hora de ir para casa. Ou para o parque. Ou, quem sabe, para o bar!

Anúncios

Um comentário em “Excesso de luz

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: