Feriados

Oficialmente, são oito feriados por ano em Londres, chamados “Bank Holidays“.

Se algum feriado cai em um final de semana, a gente não perde o descanso e a parada é feita em um “dia substituto” (ou “substitute day”):  normalmente uma segunda-feira seguinte ao feriado.

Alguns feriados são equivalentes aos do Brasil, como o Ano Novo (1° de janeiro), a Sexta-feira Santa, a Páscoa e o Natal (25 de dezembro).

Outros são próprios da região, como o “Boxing Day” (26 de dezembro, um dia depois do Natal: para aquele descanso merecido depois da comilança – e as lojas darem as largadas em suas liquidações de fim de ano), o “Early May Bank Holiday” (sempre na primeira segunda-feira de maio), o “Spring Bank Holiday” (para celebrar a primavera, sempre na última segunda-feira de maio) e o “Summer Bank Holiday” (na última segunda-feira de agosto, para celebrar o verão).

No final, nenhum feriado aqui tem data fixa, o que não é nenhuma novidade para a Sexta-feira Santa e Páscoa, por exemplo.

Mas um ganho é o Domingo de Páscoa, sempre celebrado em um “substitute day” – chamado “Easter Monday” (ou Segunda-feira de Páscoa). Assim, temos sempre dois dias de feriado para a Páscoa – e um super final de semana prolongado!

Já o Natal é sempre uma surpresa. Seguindo a regra do “substitute day”, se 25 de dezembro cair em um final de semana, o feriado será no próximo dia útil.

Em 2016, o Natal foi celebrado em um domingo e o feriado de Natal foi movido para uma terça-feira (já que segunda-feira já era feriado – o tal do “Boxing day”).

Do ponto de vista prático, a maioria dos feriados fica concentrado no primeiro semestre e são favorecidos pela presença do Sol e das temperaturas mais elevadas, o que realmente nos permite curtir os dias de folga.

Do ponto de vista de quem trabalha, falta feriado. Se no Brasil a gente tinha quase um feriado por mês (sem contar a grande parada para o Carnaval), aqui não é bem assim.

Quando o mês de Maio termina, levando embora seus dois feriados, a gente perde as esperanças, torcendo para chegar logo agosto. Depois do “Summer Bank Holiday” – ou “Summer Break”, a gente se arrasta até as festas de final de ano, tendo que marcar umas férias   aqui e ali para sobreviver.

Esse ano a Rainha Elizabeth II comemorou seus 65 anos de trono, o tal do Jubileu de Safira. Talvez a gente ganhe um feriado extra em junho por conta disso. Claro que não é nenhum Carnaval brasileiro… mas quem é que vai reclamar de feriado  – principalmente quando se tem tão pouco?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: